09.11.2015 - A QEnergia é agora Infocontrol, S.A.  -  Saiba mais
A carregar...

Pára-Raios Radioactivo: Protecção ou Perigo?

Pára-Raios Radioactivo: Protecção ou Perigo?

Desde a década de 50 e até aos anos 80, os pára-raios radioactivos foram largamente utilizados para protecção contra descargas atmosféricas. Estes captores ionizantes, foram desenvolvidos com a finalidade de antecipar o raio e definir o percurso da descarga. No entanto, o seu uso passou a ser condenado por comprometer a segurança de pessoas em virtude do risco de contaminação e exposição à radiação emitida.


 Corpo.jpgOs efeitos no organismo humano devido à radiação afectam os órgão vitais, sobretudo os rins, pulmões, ossos e tiróide, levando a alterações genéticas, mutação e destruição das células.


O elevado estado de degradação destes sistemas devido a longos períodos sujeitos às condições atmosféricas (chuva, vento, corrosão, captação de raios) aumenta drasticamente o perigo de contaminação de pessoas e ambiente. radioactivo2.jpg

 

 Proibido.jpg 

Na década de 80 surgiu então legislação que proíbe o fabrico de dispositivos deste género.
Com a tomada de consciência dos perigos, a Comissão Nacional de Protecção Contra Radiações e a Direcção-Geral de Saúde recomendou a remoção dos pára-raios instalados.   

 A recolha e o armazenamento dos captores radioactivos deve respeitar as directrizes básicas de Radioactividade, sendo essencial os cuidados especiais no manuseio destes artefactos por técnicos capacitados e treinados através de empresas especializadas para evitar o risco de contaminação.




Certificação    
Estes dispositivos são encaminhados aos órgãos responsáveis que confere um certificado de recolha e tratamento do material e de rastreabilidade do local instalado de acordo com o Despacho nº7714/2002 (2ªSérie) de 13 de Abril. O incumprimento deste procedimento é punível por lei.

 A QEnergia, desenvolveu a sua actividade nesta área, estabelecendo uma cooperação com o ITN (Instituto Tecnológico e Nuclear), investindo na aquisição de equipamentos que permitem realizar serviços respeitando os mais elevados padrões de segurança de acordo com a lei vigente, apostando também na formação dos seus colaboradores.


A falta de informação sobre os pára-raios radioactivos instalados e o desconhecimento geral sobre a problemática associada a estes dispositivos obsoletos face à actual tecnologia de pára-raios ionizantes, a QEnergia tem realizado um trabalho que visa sensibilizar e alertar para os perigos através da divulgação de artigos técnicos e levantamento dos captores mais comuns em Portugal:

Os pára-raios de Amerício-241 correspondem a 95% dos dispositivos radioactivos instalados.

 Para-raiosradioactivos.jpg Para-raiosradioactivos

 
Sistema de imunização de perturbações electromagnéticas
Novo cabo ISO DC
Contagem de energia wireless
Estamos Encerrados no Feriado Municipal de Sintra - 29 de junho
Legislação sobre pára-raios
Obtenha uma compreensão mais profunda da qualidade de energia
Novos sistemas de mastros para o pára-raios Ioniflash
Soluções ERICO para o sector da energia eólica
Qualidade do ar
Materiais Caddy
Equipamentos de medida Amprobe
Novo sistema SPDA na Fundação Calouste Gulbenkian
Pontas de Franklin
O que é o tempo de avanço à ignição. A importância dos 129 µs
SPDA – Gaiola de Faraday e Pára-raios Ionizantes
Alterações à NP4426
Femto DC
Pára-Raios Radioactivo: Protecção ou Perigo?
Índice Ceráunico
Eléctrodo de Grafite – Revolução dos Sistemas de Terras
Sistemas de sinalização luminosa de obstáculos
Detectores de Presença e Movimento B.E.G.
QEnergia em parceria com a Citel
Novos detectores de presença com tecnologia diferenciadora
Sinalização luminosa de obstáculos
Segurança e Fiabilidade com os contactores para manobra de condensadores Benedict
Descarregador de sobretensão ultra-compacto
Sensor PD4-M-DAA4G DALI: O seu novo aliado na poupança de energia
Exa Net D6 – O analisador para controlo de aplicações em Eficiência Energética
ADP Fertizantes instala SPDA da QEnergia
Detectores BEG com novas funcionalidades
Detetor de presença PD4 duas fases: Controlo dos circuitos de iluminação de emergência
Lançamento da nova série Fluke 430
Novas câmaras termográficas Fluke
Descarregador de Sobretensão DS240S
Detetor de movimento com sensor acústico integrado
QEnergia lança novo sistema de correção fator potência com filtros de harmónicas
QEnergia participa nas XX Jornadas da Luminotecnia
Pretende reduzir o valor da sua fatura de eletricidade? Temos a solução
Aumentar a viabilidade do seu parque solar
A importância de ser visto - Sistemas de obstrução e balizagem
MasingFilt - Gama QEnergia para compensação de energia reativa com filtro para harmónicas
Nova série de UPS
Promoção da Eficiência Energética: Novas Diretivas Europeias
Novos lançamentos Fluke e QEnergia
Eliminar o consumo da energia reactiva: performance x custo
Novidades da Amprobe: Uma gama de equipamentos de boa qualidade a preços baixos
Publicadas portarias que regulam a aplicação do novo SCE
Poupe Energia em 3 passos com o novo Fluke 1730
Novos descarregadores de sobretensão
Novos lançamentos da gama Amprobe 2014
GRANDE Campanha para Equipamentos de Medida - ULTIMA OPORTUNIDADE
PQube Analisador de Energia & Qualidade
Não comprometa a sua segurança! Soluções de iluminação de obstrução para atmosferas ATEX
EXA Net - Novos analisadores de rede TCP/IP da Electrex
Detetores de movimento de alta frequência
PQube 3 - Novo analisador de energia em 2015
E se quiser poupar energia e eliminar a reativa?
A sua Indústria está protegida?
Grupo Infocontrol presente no CNAF 2015
Kits de monitorização Yocto Net Web e Yocto Net Web Open
QEnergia é agora Infocontrol, S.A.
Seminário Soluções de Proteção para a Reabilitação Urbana
Amprobe - Promoções da Primavera de 2015
Receba notícias nossas:

A carregar...